Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

vou ali e já venho

Um blog sobre coisas da alma que serve apenas o propósito de existir e crescer

vou ali e já venho

Um blog sobre coisas da alma que serve apenas o propósito de existir e crescer

30.11.21

Stop Sertralina!


LPM

 

Pois é, 15 dias de diarreia mandaram a sertralina que já ia com 1 mês e meio de toma pela sanita abaixo. Agora reduzir e chegar ao zero em 10 dias, um já passou, devo ter bebido 3 litros de àgua, mas acho que até me aguentei na reução da dose, começo a ficar calejado.  Diz a minha psiquiatra que tenho um organismo diferente, epa, não!

Quero paz!

 

26.11.21

o que te segura?


LPM

Escrever é quase sempre um lugar comum para mandar fora coisas que raramente dizemos, mas escrever online não é bem assim, escrever online é expor-nos despidos em frente a uma plateia do tamanho do mundo à volta do mundo, ou simplesmente ter 10 visitantes que não conhecemos.

Escrever é para mim deixar uma marca, não me importa que seja boa ou má, provavelmente daqui por uns anos alguém vai dar com os blogs que fiz durante a minha vida e dizer, este gajo era foleiro, ou então celebrar ter encontrado algo. Somos sempre algo para alguém, não me dou a importância devida, talvez porque não me encaixe numa vida mundana, não sei trabalhar sem paixão, nem chorar a fingir, raramente pensei muito no futuro, a vida é para a frente, costumo dizer e mesmo depois de ter caído, digo-o todos os dias. Desistir de viver é o maior ato de cobardia que conheço, a vida é uma dádiva até de caganeira. E os medos, tenho os todos, servem-me na perfeição para crescer nunca sei bem em que direção, o futuro é uma página em branco que gosto de escrever em boa companhia. Há dois meses e meio cai da corda desamparado para um mundo desconhecido de sofrimento, já tive tantos medos, já me levantei tantas vezes neste pedaço de tempo, já perdi a esperança por momentos e ri de pequenas vitórias que nunca na vida poderia supor não conseguir fazer.

Deixei de rir, chorei porque não me ria, não conseguia ouvir música e quando ouvi, sorri e chorei de felicidade.

A depressão é um osso duro de roer, cresci tanto em tão pouco tempo.

Tu que lês isto, dá te valor a cada inspiração, vai mais ver o mar, ama mais, arrisca mais, apaixona-te pela vida, vai até ao fim e se no meio de tudo isto sentires por um momento que não estas a sorrir, faz uma pausa e vai ouvir a tua música, aquela que te faz chorar de felicidade, a que te segura.

25.11.21

Fogo


LPM

E ao 24 dia da sertralina chegam umas tonturas e suores horriveis que se repetem no dia seguinte (hoje) à mesma hora e eu desespero, sem saber o que fazer com tanto por fazer.

Esperemos que seja coisa que passe, vou acreditar que sim.

23.11.21

a chegar a mim


LPM

Tenho momentos que sinto que estou a chegar ao meu lugar, aqui e ali faço coisas que fazia, são segundos de coisas, as vezes minutos e nem me dou conta, outras dou. 

Jantei fora pela primeira vez em 2 meses e meio com a minha familia. Se foi bom? Claro, meia hora a morder-me, meia hora feliz. Se foi um dia bom? haveria tanto por dizer, fico-me pelo bom que foi ver o meu filho feliz a comer uma pizza e o meu pai também na mesma mesa.

22.11.21

Eu não tinha noção que é o tempo


LPM

A depressão leva tempo, toda a gente ouve isto quando se fala de depressão, mas eu não fazia ideia do que era preciso fazer, eu não fazia a minima ideia de onde estava ou o que era um anti depressivo e como funcionava. Depois fui encontrando lugares seguros aqui e ali, e desses lugares faziam-se tentativas para ver como resultava e foi assim que cheguei aqui, a um lugar mais confortavél, ainda numa condição de alguma fragilidade, mas com condições para começar a ir, pena a diarreia que a sertralina ainda me dá.

 

Pág. 1/4